Bolsonaro criticou a oposição por votar contra a PEC dos Precatórios

O presidente Jair Bolsonaro criticou hoje (4/11), os deputados que votaram contra a PEC dos Precatórios, aprovada em Plenário nesta madrugada.

Bolsonaro afirmou que os 144 congressistas contrários ao texto “votaram contra os pobres por birra”. Foram 312 votos a favor, 144 contra a PEC. Eram necessários ao menos 308 apoios.

Os deputados votarão, ainda, o texto em 2º turno e os destaques. Essa parte está marcada para próxima terça-feira (9/11).

Ontem, mais de 100 deputados votaram contra os pobres por birra, por ser eu o presidente. Não querem atender os pobres, nunca vi isso. Partido de esquerda é comum, né? Votam contra a gente, mas votar nessa questão também é maldade muito grande.

Bolsonaro

Bolsonaro afirmou também que o governo busca parcelar o montante que deve: “Estamos tentando então com parlamento — se bem que alguns do supremo estão tentando ajudar também — parcelar essa dívida enorme, pagar uns R$ 30 bi ano que vem e parcelar mais R$ 60 bi para o futuro, senão não temos como pagar”.

O presidente disse que o STF jogou a responsabilidade inteira para seu governo: “Precatórios são dívidas de 20, 30 anos atrás. O Supremo colocou tudo no meu colo para pagar tudo de uma vez só. Entra para dentro do teto R$ 90 bilhões, simplesmente não tem como trabalhar ano que vem. Zera muito ministério”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.