Gestão de André Mendonça que começou a operação que prendeu o primo de Alcolumbre

A Operação da Polícia Federal que prendeu o primo do senador Davi Alcolumbre, Isaac Alcolumbre, no Amapá, na última quarta-feira (20/10), começou na gestão de André Mendonça à frente do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O primo de Alcolumbre, Isaac é dono de um aeródromo certificado apontado pela polícia como ponto de aeronaves usadas no tráfico de drogas importadas da Venezuela e Colômbia. Ainda conforme a PF, o local é uma das bases operacionais da organização criminosa, no Amapá, responsável pela distribuição de produtos para outros estados brasileiros.

Essa investigação ganhou forma pouco mais de um mês após Mendonça assumir a pasta deixada por Moro.

Essa situação chama bastante atenção para outro caso que já estamos falando com recorrência aqui no portal Vista Pátria, Como se sabe, André Mendonça foi o nome escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga deixada pelo ex-decano Marco Aurélio Mello.

Vale ressaltar que, a indicação de Mendonça para o STF tem enfrentado forte resistência de Davi Alcolumbre, que já chegou a apontar questões de ‘turbulência política’ para não dar prioridade à sabatina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.