Rede social de Trump arrecada 1 bilhão de dólares de investidores

A empresa que deverá dar origem à futura rede social do ex-presidente Donald Trump e a empresa com a qual se fundirá para entrar na Bolsa de Valores afirmou neste sábado (4/12) que um grupo de investidores institucionais se comprometeu a contribuir com US$ 1 bilhão.

O valor se somaria aos US$ 293 milhões já recuperados pela “Spac” Digital World Acquisition Corp em sua chegada em Wall Street em setembro, detalha um comunicado.

A “Truth Social”, a futura plataforma foi apresentada pelo ex-presidente como alternativa ao Facebook, Twitter e YouTube, dos quais censurado.

No momento, está disponível em pré-venda na App Store, teoricamente deve ser lançada no primeiro trimestre de 2022.

De acordo com Trump, o bilhão de dólares investido na plataforma soa como uma mensagem importante às Big Techs (como são chamadas as grandes empresas de tecnologia) de que a censura e a discriminação política devem acabar. Há relatos de que o projeto está avaliado em quase 4 bilhões de dólares (R$ 22,6 bilhões).

O 1 bilhão de dólares envia uma mensagem importante à Big Tech de que a censura e a discriminação política devem acabar. A América está pronta para a TRUTH Social, uma plataforma que não discriminará com base na ideologia política. À medida que nosso balanço patrimonial se expande, TMTG estará em uma posição mais forte para lutar contra a tirania da Big Tech.

Trump

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.