Sergio Moro diz que não guarda rancor de Lula

O ex-juiz Sergio Moro, afirmou em uma entrevista que, apesar dos ataques pessoais comandados pelo PT e pelo ex-presidiário Lula, ele não guarda rancor do petista.

Cultivar rancor ou espírito de vingança faz mal. Eu tomei a decisão de oferecer meu nome para o país, é um nome que não vai estar sozinho, mas eu fiz isso com propósito de fazer o bem e não de fazer o mal. Nunca foi pessoal em relação ao presidente Lula. Eu fiz apenas meu trabalho.

Moro

Ele também acresentou:

Eu não tenho nenhuma animosidade pessoal. Não gosto de cultivar sentimentos ruins. Isso te faz uma pessoa, com o tempo, amarga.

Moro

Em outra entrevista reafirmou sua posição como um possível representante da “terceira via”, ou seja, uma alternativa ao presidente Jair Bolsonaro e ao ex-presidiário Lula

Moro disse também que:

Existe uma linha de princípio que há ética na política. Existem partidos e pessoas no centrão que são pessoas boas.

Moro

Aparentemente em uma medida desesperada de buscar aliados para sua candidatura a presidência em 2022, o ex-ministro elogia todos os lados em busca de união.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.