Advocacia-Geral da União é contra vacinação obrigatória para crianças

A Advocacia-Geral da União (AGU), na terça-feira (11/01), disse que é contrária à vacinação obrigatória contra a Covid-19 para crianças de 05 a 11 anos.

AGU respondeu a um pedido do Supremo Tribunal Federal (STF), que julga uma ação movida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) que pede a obrigatoriedade da vacina para crianças.

Segundo a AGU, a imposição da obrigatoriedade pelo Judiciário representaria uma ‘afronta indiscutível’ à separação dos poderes. A AGU ainda esclareceu que a CNTM não tem legitimidade para mover a ação, por não ter qualquer conexão com o tema.

*Com informações da Revista Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.