Base militar dos EUA na Síria teria sido atingida por foguete

Uma base militar dos EUA perto do campo petrolífero Omar, na província oriental de Deir ez-Zor, teria sido atacada hoje (13/12).

Os veículos locais do leste da Síria relataram ataques de foguetes contra a base militar dos EUA no leste da Síria e o som de quatro explosões na base. Diversos drones foram lançados na base imediatamente após o ataque.

Até o momento, o dano ainda não foi avaliado, devido a Washington ainda não ter comentado o incidente.

Na manhã de hoje, foi realizada uma operação no povoado Al-Busayrah, que, dependendo da fonte, foi atribuída a tropas norte-americanas ou às Forças Democráticas da Síria, essa operação matou quatro combatentes do Estado Islâmico, incluindo um vestindo um colete suicida, mas não houve detenções.

O EUA controla o território no norte e nordeste da Síria onde estão localizados os maiores campos de petróleo e gás sírios. Damasco oficial tem repetidamente convocado a presença de militares americanos em seu território de ocupação e pirataria estatal com o objetivo de roubo de petróleo.

A unidade das Forças Democráticas da Síria realizou a operação conjunta com a coalizão internacional perto de Busayrah, um vilarejo no interior da província de Deir el-Zour. O alvo era uma “célula IS perigosa” com base na inteligência e no reconhecimento de sua presença na área.

As forças dos EUA estão posicionadas em uma base no território como parte de uma missão de combate contra militantes do Estado Islâmico que continuam a travar uma insurgência de baixo nível no Iraque e na Síria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.