Bolsonaro afirma novamente que não pedirá passaporte da vacina

O presidente Jair Bolsonaro, na manhã de hoje (8/12), afirmou novamente que não pretende exigir o chamado “passaporte da vacina” no Brasil.

Jamais vou exigir passaporte da vacina de vocês. Imaginem se tivesse o Haddad no meu lugar.

Bolsonaro

Sobre a determinação, Bolsonaro comentou sobre a decisão do STF que governadores e prefeitos foram autorizados a adotar medidas como essa.

O Supremo deu poderes para governadores e prefeitos, né? Eu falo da minha linha: eu não fechei nenhum botequim. E jamais vou exigir o passaporte de vacina de vocês. Imaginem se tivesse o Haddad no meu lugar. Agora, não queiram que a gente resolva todos esses problemas. Eles tão com autoridade para tal, tá certo?

Bolsonaro

Como foi relatado aqui Vista Pátria, os ministros Marcelo Queiroga, Ciro Nogueira e Bruno Bianco informaram ontem um novo protocolo para entrada no País, que deve ser formalizado em portaria a ser publicada ainda na tarde de hoje.

Como podemos observar, pelas novas regras, quem não se imunizou contra a covid-19 deverá fazer quarentena de cinco dias e só deixará isolamento após um teste RT-PCR negativo. Quem se vacinou está dispensado do isolamento. Todos os viajantes, porém, devem apresentar um RT-PCR negativo feito 72 horas ou teste de antígeno feito 24 horas para entrar em território nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.