Bolsonaro diz que vai apresentar fraude ocorrida nas eleições de 2014.

Presidente da República, Jair Bolsonaro afirmou na manhã de hoje (20/7), que vai comprovar na próxima semana que as eleições presidenciais de 2014 resultaram em um resultado errado. Bolsonaro pretende usar o fato do deputado federal Aécio Neves ter vencido Dilma Rousseff, para apontar as falhas na urna eletrônica e no sistema eleitoral brasileiro. A declaração foi dada em entrevista à Rádio Itatiaia.

“Eu espero na semana que vem apresentar as provas de fraudes. Vamos apresentar uma fraude de 2014”, disse o presidente. E acresentou “Eu só consegui ser eleito porque tive muito voto. Eu vou comprovar semana que vem que teve fraude nas eleições de 2014. Vão vir hackers para mostrar”.

A eleição presidencial de 2014 teve dois turnos. O segundo turno foi disputado pelos candidatos Dilma Rousseff e Aécio Neves. Dilma foi reeleita. Na época, o PSDB chegou a pedir uma auditoria dos votos junto ao TSE e não foi encontrada nenhuma evidência de que houve adulteração de programas, de votos ou mesmo qualquer indício de violação ao sigilo do voto no pleito.

Na entrevista à rádio Itatiaia, Bolsonaro voltou a falar sobre o voto impresso. “Pode morrer o voto impresso na comissão. É lamentável o que o ministro Barros está fazendo”, disse. Segundo o presidente, a apresentação das supostas fraudes nas eleições de 2014 também serão encaminhadas ao TSE.

CPI da Covid: “Relatório de Renan Calheiros é para jogar no lixo”, diz Bolsonaro.

4 thoughts on “Bolsonaro diz que vai apresentar fraude ocorrida nas eleições de 2014.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.