CCJ do Senado aprova recondução de Aras à PGR

A CCJ do Senado Federal aprovou, na tarde de hoje (24/8), por 21 votos a 6, a recondução do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, ao cargo.

Vale ressaltar, que o nome de Aras precisa ser aprovado no Plenário do Senado. A votação no plenário é secreta, e o indicado necessita de, pelo menos, 41 votos favoráveis, para ser reconduzido.

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, Aras está no cargo desde setembro de 2019. Em julho, o presidente afirmou que o reconduziria ao cargo e encaminhou o pedido ao Senado.

A sabatina de Aras na CCJ durou cerca de 6 horas. Aos senadores, Aras declarou que:

  • não ter alinhamento com o presidente Jair Bolsonaro
  • fez críticas indiretas a um dos antecessores no cargo o ex-procurador-geral Rodrigo Janot
  • afirmou não criminalizar a política
  • criticou vazamentos, a força-tarefa da Operação Lava Jato e a “espetacularização” de inquéritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.