Cubanos saem às ruas em protestos contra o governo.

Milhares de pessoas foram às ruas de diferentes cidades de Cuba, na tarde de domingo (11/7), aos gritos de “liberdade” e “abaixo a ditadura”. Manifestantes reclamavam da falta de liberdade e da situação econômica da ilha.

Milhares de pessoas se reuniram no centro de Havana e ao longo da estrada à beira-mar em meio a uma forte presença policial. Houve algumas prisões e brigas.

A manifestação foi transmitida ao vivo por usuários do Facebook e ocorre em meio a uma grave crise econômica e de saúde no país caribenho, onde há uma preocupante falta de alimentos, remédios e outros produtos básicos.

Em San Antonio há uma forte presença policial e as pessoas reclamaram de atos de violência contra manifestantes pacíficos, segundo moradores de San Antonio a repórteres deslocados para essa cidade na província de Artemisa, localizada a cerca de 37 quilômetros a oeste de Havana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.