Luiz Fux brinca com dinheiro público e gasta mais de R$ 1,6 milhão em viagens.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, que ganha mais de R$ 40 mil reais mensais, fora os penduricalhos que o cargo lhe oferece, gastou mais de R$ 1,6 milhão com viagens em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), somente em 2021.

Segundo a “Revista Oeste”, foram 104 voos no ano passado, sendo a maior parte (96 viagens) para a sua residência, no Rio de Janeiro. Isso custou aos cofres em torno de R$ 1,4 milhão.

“Os valores de 2021 não incluem despesas com diárias e passagens aéreas para seguranças, agora mantidas em sigilo pelo STF”, destacou a Oeste.

Embora o Judiciário brasileiro custe mais de R$ 100 bilhões por ano aos brasileiros e, o Tribunal de Contas da União (TCU), liberou mais R$ 216 mil para os ministros fazerem pilates e fisioterapia, eles ainda têm o direito de usar o nosso dinheiro para viajar.

Luiz Fux lidera os gastos com viagens, ultrapassando Dias Toffoli, que em 2019 fez em torno de 95 voos pela FAB. O dinheiro usado por Fux representa quase dez vezes os gastos dos ministros com viagens de seguranças e assessores, além deslocamentos para reuniões: R$ 170 mil. Todas as passagens aéreas compradas em 2021 somaram R$ 325 mil.

Mas Alexandre de Moraes não fica atrás. O gasto com passagens para prestação de serviço de assessoria e assistência direta ficou em R$ 36 mil, seguido por Gilmar Mendes, que dispendeu dos cofres públicos R$ 35 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.