“Lula vendeu até a mãe para ficar no poder”, diz Bolsonaro

Em conversa com apoiadores na manhã de hoje (2/8), o presidente Jair Bolsonaro chamou o ex-presidiário Lula de “corrupto, cachaceiro” e disse que ele “vendeu até a mãe para ficar no poder”.

“Querem dar a direção ao Brasil para um corrupto, cachaceiro, que arrebentou as estatais, loteava tudo aqui e vendeu até a mãe para ficar no poder, aparelhou tudo… Querem fazer igual a Argentina? As consequência vêm aí” disse Bolsonaro.

E acresentou “Barroso ajuda a botar o cara pra fora da cadeira e o torna elegível e o Barroso vai contar os votos dele lá, quais as consequências disso? Se as eleições tiverem problema, dizem “recorra à Justiça”. Qual Justiça? O Supremo, que colocou o Lula para fora e o tornou elegível?”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.