O ministro Queiroga anuncia rompimento com Precisa Medicamentos

A fabricante da vacina indiana Covaxin, Bharat Biotech, anunciou na noite de hoje (23/7) que rescindiu um acordo que mantinha com a brasileira Precisa Medicamentos para trazer doses do imunizante ao país.

O ministro já havia dito que a compra da vacina Covaxin, fabricada pela Bharat Biotech, estava descartada porque já haviam doses suficientes aprovadas pela Anvisa.

A rescisão deve ser oficializada neste domingo (25/7), quando haverá uma reunião entre Queiroga e o secretário-executivo da pasta, Rodrigo Cruz. Desta forma, a nota de empenho de R$ 1,6 bilhão que estava reservada para a compra das vacinas também será cancelada e o dinheiro deverá ser usado para comprar mais doses das vacinas que já receberam o aval da Anvisa, ou seja, Coronavac, Jansen, AstraZeneca e Pfizer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.