O Texas proibiu a censura de opiniões políticas nas redes sociais

O estado do Texas, nos Estados Unidos, proibiu as redes sociais de banirem usuários “com base em seus pontos de vista políticos”.

A lei foi assinada pelo governador do Texas, Greg Abbott, e se aplica a empresas com mais de 50 milhões de usuários ativos por mês nos EUA, incluindo Facebook, Twitter e YouTube, e exige que as empresas prestem contas sobre qualquer conteúdo ilegal ou potencialmente violador de políticas, bem como elaborem um sistema para reclamações, onde cidadãos podem contestar as decisões de remoção de conteúdo.

No Estados Unidos políticos republicanos acusaram algumas redes sociais de censura diversas opiniões conservadoras, exemplo disso foi o ex-presidente Donald Trump, foi banido do Facebook e do Twitter.

Depois que essa lei foi assinada cidadãos e o procurador-geral do estado podem abrir processos se acreditarem que as empresas de tecnologia foram injustas em suas decisões.

Agora é lei que pontos de vista conservadores no Texas não podem ser proibidos nas redes sociais.

Greg Abbott

Vale ressaltar que a Flórida recentemente aprovou uma lei que proibia as plataformas de mídia social de banir candidatos políticos, mas um juiz federal bloqueou a lei antes que ela entrasse em vigor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.