Pacheco diz que em ‘hipótese alguma’ PEC da Bengala será revogada

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, concedeu uma entrevista à GloboNews e afirmou que não acreditar em “hipótese alguma” que a proposta que revoga PEC da Bengala avance no Congresso.

Ele admitiu que existe a possibilidade de ser analisada outra PEC: a que aumenta de 65 para 70 anos a idade máxima de indicados para tribunais.

Essa segunda proposta, de autoria do deputado federal Cacá Leão, também foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara na última terça-feira (23/11) e teria apoio do Planalto e de líderes do Centrão.

Quando foi perguntado se a proposta não era casuística, Pacheco disse desconhecer a motivação, e afirmou ver como uma “discussão possível” pois há temas, em sua visão, que precisam ser atualizados de acordo com outros fatores, como o aumento da expectativa de vida.

Como foi relatado aqui no Vista Pátria, na noite de ontem (23/11), a CCJ da Câmara dos Deputados aprovou, por 35 votos a 24, a PEC 159/19, que revoga a chamada PEC da Bengala.

Esse texto aprovado busca reduzir a idade da aposentadoria obrigatória dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), dos tribunais superiores e do TCU (Tribunal de Contas de União), de 75 para 70 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *