Pacheco rejeita pedido de impeachment de Moraes apresentado por Bolsonaro

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, irá anunciar em coletiva hoje (25/8), que decidiu rejeitar o pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, apresentado por Bolsonaro.

A decisão ainda será formalizada e deve ser anunciada por Pacheco em coletiva logo após o encerramento da sessão da Casa. Como presidente do Senado, cabe a Pacheco decidir se acolhe ou rejeita pedidos de impeachment de ministros do STF.

Pacheco declarou que não haveria adequação à chamada Lei do Impeachment e, portanto, faltaria “justa causa” para acolhê-lo.

Bolsonaro enviou um documento para o senado afirmando que:

Não se pode tolerar medidas e decisões excepcionais de um ministro do Supremo Tribunal Federal que, a pretexto de proteger o direito, vem ruindo com os pilares do Estado Democrático de Direito. Ele prometeu a essa Casa e ao povo brasileiro proteger as liberdades individuais, mas vem, na prática, censurando jornalistas e cometendo abusos contra o presidente da República e contra cidadãoes que vem tendo seus bens apreendidos e suas liberdades de expressão e de pensamento tolhidas.

Bolsonaro

2 thoughts on “Pacheco rejeita pedido de impeachment de Moraes apresentado por Bolsonaro

  • 25/08/2021 em 19:59
    Permalink

    A hora é agora.
    É agora ou nunca que se coloca este país nos trilhos do trem da democracia, da ordem e do progresso.

    Resposta
  • 25/08/2021 em 22:02
    Permalink

    Decisão do Pacheco é decisão de um covarde, corrupto, incompetente e falso. Esses que atrapalham a reconstrução de um Brasil melhor, porque pouco se importa com o País e sim em salvar sua pele. Imbecil, falso, covarde, não será mais reeleito aproveite bem seus últimos dias como senador. Brito de Votorantim.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.