Republicano Glenn Youngkin vence as eleições para governador na Virgínia

O republicano Glenn Youngkin derrotou o ex-governador democrata Terry McAuliffe na corrida para governador na Virgínia. Esse resultado indica que o presidente Joe Biden deverá ter problemas para alcançar maioria nas eleições legislativas do ano que vem.

“Tudo bem, Virgínia, ganhamos isso”, disse Youngkin aos apoiadores em seu discurso de vitória, pouco depois da 1:00 horas da quarta-feira.

E ele prometeu que “juntos, vamos mudar a trajetória desta comunidade”.

Youngkin é um ex-executivo que nunca exerceu cargo público para o qual tenha sido eleito. O republicano se colocou como um “outsider” e abordou questões controversas durante a sua campanha, como racismo nas escolas e obrigatoriedade do uso de máscaras contra a pandemia.

A derrota de McAuliffe está sendo interpretada como um sinal de que a agenda de Biden pode enfrentar dificuldade de avançar no Congresso norte-americano, pois corre risco de perder maioria.

Dois meses atrás, McAuliffe detinha uma vantagem de um dígito em um estado em que Biden venceu por 10 pontos sobre o então presidente Trump há apenas um ano, mas Youngkin ultrapassou o ex-governador na reta final da campanha.

Também estamos observando os resultados para governador no estado azul de Nova Jersey . A disputa, entre o governador democrata Phil Murphy e o candidato republicano Jack Ciattarelli, ficou mais acirrada nas últimas semanas e estava perto demais de projetar um vencedor na manhã de hoje.

A agenda de Youngkin também se concentrou em questões que os republicanos prevêem que impulsionarão a participação eleitoral em 2022, como segurança pública, integridade eleitoral e liberdade da vacina COVID-19 e mandatos de máscara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.