Restauração da estátua de Borba Gato será paga por empresário

Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo, declarou hoje (26/7) que a estátua a Borba Gato será restaurada, com os custos pagos por um empresário de identidade não divulgada. Alvo de crítica da esquerda por homenagear um bandeirante que “caçava” indígenas, o monumento foi incendiado no sábado (24/7), por cerca de 20 pessoas.

O grupo ateou fogo a pneus dispostos na base da estátua, localizada no distrito de Santo Amaro, na Zona Sul paulistana. Imagens da ação foram publicadas no perfil Revolução Periférica, nas quais pessoas aparecem com uma faixa com a frase “A favela vai descer, e não será Carnaval”.

Uma técnica do Departamento de Patrimônio Histórico, vinculado à Secretaria Municipal de Cultura, acompanhou a limpeza da obra, que segue de pé. Esta semana, uma avaliação sobre o estado do monumento será realizada por um especialista. A partir do resultado da análise, será possível avaliar o custo e a duração da restauração.

Em nota, a gestão municipal informou ainda que será reforçada a segurança no entorno do monumento, que está isolado por fitas.

O artista Julio Guerra, falecido em 2001, utilizou trilhos de bonde e pedras coloridas de basalto e mármore para executar a obra, que levou seis anos para ficar pronta. O monumento tem 13 metros de altura e 20 toneladas e está sobre um pedestal revestido de granito rústico, de cerca de 2 metros de altura.

2 thoughts on “Restauração da estátua de Borba Gato será paga por empresário

  • 26/07/2021 em 15:12
    Permalink

    PORQUE O BOLSONARO NAO SE FILIA LOGO AO PTB DO ROBERTO JEFERSON?
    GOSTARIA DE ENTENDER A DIFICULDADE DE CONSEGUIR UM PARTIDO LOGO.
    FALA QUE ESTA DIFICIL CONSEGUIR UMA LEGENDA.

    Resposta
  • 26/07/2021 em 18:05
    Permalink

    Por que não cobram dos vândalos que a incendiaram? Vai acabar é saindo dos nossos bolsos.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.