TSE abre código-fonte das urnas para inspeção

O TSE deu início no processo eleitoral de 2022 com a abertura do código-fonte das urnas nesta segunda-feira (4/10).

No evento, conhecido como Ciclo de Transparência Democrática, representantes da sociedade acompanham o desenvolvimento do programa utilizados nas urnas eletrônicas.

Essa abertura dos códigos-fonte costumam ocorrer seis meses antes das eleições, e pela primeira é realizada doze meses antes, devido a determinação do TSE, aprovada por unanimidade pela Corte Eleitoral na última terça-feira (28/9), em meio a críticas ao sistema eleitoral.

Vale ressaltar, um fator inédito este ano é que foram convidadas entidades como as Forças Armadas, a Polícia Federal, universidades, integrantes da Comissão de Transparência das Eleições e autoridades de entidades internacionais como a Organização dos Estados Americanos, o Idea Internacional e a União Interamericana de Organismos Eleitorais, além de ministros do TSE.

Nas edições passadas, apenas representantes de partidos políticos, do Ministério Público e da OAB podiam acompanhar o processo.

O evento foi aberto às 14:00 horas pelo ministro Luís Roberto Barroso.

Luís Roberto Barroso
Luís Roberto Barroso

A proposta de antecipação do evento de acesso aos sistemas eleitorais desenvolvidos pelo TSE se justifica com o intuito de aperfeiçoamento das boas práticas e da necessidade de se ampliar a transparência do processo eleitoral, especialmente quanto ao processo de desenvolvimento e auditabilidade do sistema eletrônico de votação.

Barroso

O evento vai ter as participações dos ministros Alexandre de Moraes e Edson Fachin, senador Antonio Anastasia, Luciano Bívar e Paulo Gonet Branco. Compareceram representantes do Partido Novo, PT, PP, PCdoB, PSB, PSDB, PSL, Podemos, PV, PSOL, Republicanos, PTC, MDB, PL, PROS, Cidadania, PDT.

One thought on “TSE abre código-fonte das urnas para inspeção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.