Zé Trovão retorna ao Brasil e se entrega à Polícia Federal

O líder dos caminhoneiros Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido também como Zé Trovão, voltou ao Brasil hoje (26/10) e se entregou à Polícia Federal.

Zé Trovão teve a prisão decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, no início de setembro. Ele é investigado por supostamente integrar um grupo digital que incita a violência contra as instituições democráticas e apoia atos considerados antidemocráticos.

Em nota, a defesa do líder dos caminhoneiros afirmou que ele “está a dispor da Justiça para provar sua inocência” e que será protocolado um pedido de liberdade para Zé Trovão.

O caminhoneiro gravou um vídeo afirmando que se entregou à Justiça “pelo Brasil”.

Nesse 26 de outubro, eu me entreguei à Justiça brasileira, me apresentei à Justiça brasileira, porque, como diz o nosso hino, “verás que um filho teu não foge à luta”. E eu jamais iria abandonar o povo brasileiro .

Zé Trovão

Zé Trovão também agradeceu a todos que apoiaram ele nessa trajetória.

Eu vim dizer muito obrigado. Não sei quanto tempo eu vou passar no cárcere, mas saibam que tudo isso é pelo Brasil, por cada ser humano, cidadão de bem. Fiquem com Deus e não desanimem.

Zé Trovão

O analista político, jornalista e fundador do Vista Pátria, Allan Frutuozo, apontou detalhes durante sua análise em nosso canal no YouTube no video:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.