Bolsonaro defende agro e consumo de carne de ‘segunda a domingo’

O agronegócio é o principal responsável pelo PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil e, o ‘salvador’ da economia durante a pandemia. De acordo com cálculos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), em parceria com a CNA, em 2020 o agronegócio brasileiro participou em 26,6% no PIB do Brasil, contra 20,5% em 2019.

O PIB brasileiro totalizou R$ 7,45 trilhões no último ano, sendo que o agronegócio representou quase R$ 2 trilhões e, o presidente Jair Bolsonaro reconhece a importância do setor para a economia brasileira.

Em sua live semanal, na quinta-feira (06/01), o mandatário saiu em defesa do consumo de carne no país e, afirmou, que o agro é um ‘bom negócio’ e, ‘a gente nunca vai fazer uma campanha contra o agro porque o agro, aí entra agricultura, pecuária, são as locomotivas do nosso Brasil’.

“Investir no agronegócio é um bom negócio e, para mim, carne fica de segunda a domingo, desde que tenha a disposição para a gente comprar, obviamente, e recurso para tal”, comentou.

A fala do chefe do Executivo é uma resposta a propaganda do banco privado Bradesco, onde o banco pedia, através de influenciadores digitais, a redução do consumo de carne e relaciona a agropecuária à degradação ambiental.

Quando se analisa o PIB do agro como um todo, a maior participação é da agricultura: 68%. Já a pecuária é responsável por 32%.

*Fonte dos dados: UniFan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.