‘Cada vez mais, o Supremo interfere em tudo’, afirma Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro criticou o STF após decisão da Corte em suspender o pagamento das emendas de relator, oriundas do chamado “orçamento secreto” no Congresso.

Você vê o Supremo Tribunal Federal também, que cada vez mais o Supremo, na verdade, interfere em tudo. Teve interferência agora nessa história do orçamento secreto. Orçamento secreto publicado no Diário Oficial da União.

Bolsonaro

A ministra Rosa Weber deu uma liminar mandando suspender “integral e imediatamente” a execução do orçamento paralelo. Agora, o plenário poderá ratificar ou rever a decisão dela. Até agora, outros três ministros acompanharam o voto da relatora.

Na segunda-feira, Bolsonaro já havia criticado essa decisão e afirmou publicamente que as justificativas de Weber “não são justas”. Sem citar nomes, o presidente disse ainda que quem quisesse ser presidente deveria “se candidatar”.

Os argumentos usados pela relatora no Supremo não são justos; dizer que nós estamos barganhando. Como posso barganhar, se o dono da caneta é o relator, é um parlamentar? Não é secreto porque está no DOU. Pelo que estou sabendo, o ministro Fux, na semana que vem, deve levar ao plenário para resolver essa questão. […] Os poderes têm que ser respeitados, mas as decisões de alguns atrapalham o andamento da nação. Quem quer se presidente da República que se candidate.

Bolsonaro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.