Câmara aprova ‘Fundão Eleitoral’ de quase R$ 6 bilhões para 2022.

Na tarde de hoje (15/7), a Câmara dos Deputados aprovou, por 278 a favor e 148 contra, o texto principal da Lei de Diretrizes Orçamentárias, que estabeleceu as metas, limites de despesas e prioridades básicas do Orçamento de 2022.

O projeto aumenta o valor previsto para o Fundo Eleitoral. O montante, de no mínimo R$ 5,7 bilhões, será quase o triplo da última eleição. Mais tarde, senadores ainda vão analisar o mesmo texto.

Os recursos do fundo eleitoral são divididos entre os partidos políticos para financiar as campanhas eleitorais. De acordo com o texto, a verba será vinculada ao orçamento do Tribunal Superior Eleitoral, prevendo 25% da soma dos orçamentos de 2021 e 2022. O relator foi o deputado Juscelino Filho, que incluiu no texto a previsão de um piso para o fundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.