CPI da Covid quer banir Bolsonaro das redes sociais

O vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues, afirmou que a CPI deve pedir que redes sociais derrubem perfis do presidente Jair Bolsonaro.

O senador disse que Bolsonaro associar a vacina contra a Covid-19 e Aids, durante uma live, é “mais um crime flagrante” do presidente.

Além da inclusão da fala do presidente, a CPI pedirá ainda ao ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes que Bolsonaro seja investigado pela mesma fala no âmbito do inquérito das Fake News, que é relatado por Moraes.

Randolfe Rodrigues também afirmou que era para o Bolsonaro ter sido banido a meses das redes sociais, ele até alegou que Donald Trump foi banido por muito menos.

Informo que incluiremos, no relatório da CPI, a fala mentirosa e absurda de Bolsonaro associando a vacina contra a Covid-19 à Aids. Além disso, encaminharemos ofício ao ministro Alexandre de Moraes, pedindo que Bolsonaro seja investigado por esse absurdo no âmbito do inquérito das fake news e recomendaremos às plataformas de redes sociais a suspensão e/ou o banimento do presidente.

Randolfe Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.