Governo Bolsonaro assinou o termo aditivo para construção do people mover

Governo Bolsonaro e a concessionária GRU Airport assinaram, na última quarta-feira (8/9), o termo aditivo para construção do “people mover”. A previsão é que as obras comecem em janeiro de 2022 e com duração de 24 meses.

Depois de dois anos e meio a gente conseguiu encontrar uma solução junto com a concessionária. Se fosse um aeroporto da Infraero, teria outra modelagem. Teria o orçamento geral da União, teria uma licitação, uma coisa muito mais complexa. Levaria um tempo, mas teria uma simplicidade jurídica. Mas nos nós conseguimos fazer um desenho onde a gente consegue manter a operação dentro da concessionária, porque isso está muito ligado também à atualidade, ao nível de serviço que a concessionária presta ao passageiro. Na hora que entra na poligonal, a responsabilidade passa a ser da GRU Airport

Secretário do Ministério da Infraestrutura

Essa iniciativa faz parte da agenda do “Setembro Ferroviário”, mês voltado ao setor no país. Essa obra vai ter um investimento de R$ 272 milhões.

O que é um people mover ?

É um tipo de veículo sobre trilhos 100% automatizado, vai conectar os terminais de passageiros do aeroporto à estação da Linha 13-Jade, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Atualmente esse trajeto do Terminal de Guarulhos e a Estação Aeroporto da Linha 13-Jade da CPTM é feita por ônibus oferecidos pela GRU Airport. Para chegar ao terminal 2, o de maior movimento no aeroporto, a viagem chega a durar 10 minutos.

Com o People Mover, o público fará apenas uma baldeação e será deixado na porta de cada um dos terminais de passageiros. E o tempo de viagem será muito mais rápido e de espera será de apenas 6 minutos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.