Governo nomeia novos secretários de Guedes

O presidente Jair Bolsonaro nomeou substitutos para parte dos postos deixados em aberto por servidores do Ministério da Economia na semana passada. As exonerações e nomeações foram publicados no DOU de hoje (29/10)

A mudança no teto de gastos fez com que eles pedissem demissão no dia 21 de outubro. Os técnicos defendiam a manutenção do teto de gastos, pois entendem que esta é a principal âncora fiscal do país. Segundo o Ministério da Economia, eles pediram demissão por “razões pessoais”.

Quem entra no lugar de quem:

  • Esteves Pedro Colnago Júnior é o novo secretário de Tesouro e Orçamento. Ele entra no lugar de Bruno Funchal;
  • Paulo Fontoura Valle é o novo secretário do Tesouro Nacional, no lugar de Jeferson Bittencourt;Júlio Alexandre Menezes da Silva é o novo secretário-especial-adjunto de Tesouro e Orçamento, no lugar de Gildenora Dantas;O secretário-adjunto do Tesouro Nacional, Rafael Araujo, também foi exonerado, mas o seu substituto ainda não foi nomeado. As duas últimas movimentações constam na mesma portaria.

Vale ressaltar que, na semana passada, o Ministério da Economia informou, em nota, que a decisão de demissão dos quatro integrantes da equipe de Guedes era de ordem pessoal. “Funchal e Bittencourt agradecem ao ministro pela oportunidade de terem contribuído para avanços institucionais importantes e para o processo de consolidação fiscal do país”, divulgou a pasta. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.