iFood é hackeado e restaurantes têm nomes alterados para ‘vacina mata’, ‘Lula ladrão’ e ‘petista comunista’

A plataforma iFood foi hackeada na noite da última terça-feira (2/11) e teve nomes dos restaurantes e estabelecimentos alterados.

A empresa disse 6% dos estabelecimentos cadastrados sofreram a alteração, mas a plataforma não explicou a origem do problema.

Na noite de hoje, 2 de novembro, o iFood identificou que alguns estabelecimentos cadastrados na plataforma tiveram seus nomes alterados. Aproximadamente 6% dos estabelecimentos foram afetados. A empresa tomou medidas imediatas para sanar o problema e proteger os dados de restaurantes, consumidores e entregadores.

Nota da empresa

E acresentou:

Em investigações preliminares, a empresa informa que não há qualquer indício de vazamento da base de dados pessoais cadastrados na plataforma, tampouco de dados de cartão de crédito.

Nota da empresa

Confira algumas imagens:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.