Jornalista serão obrigados a passar por uma doutrina do Partido Comunista Chinês

Governo chinês está obrigando mais de 200 mil jornalista a passar por uma doutrinação com o mínimo de 90 horas. Com essa determinação, o governo tem o objetivo de fazer com que os profissionais sigam a linha do partido.

Essa medida foi anunciada pela Administração Nacional de Imprensa e Publicações e do ministério de recursos humanos do país por meio de um documento preliminar. Em 2022, o presidente Xi Jinping buscará seu terceiro mandato e estaria tentando aumentar o controle sobre os jornalistas.

Essa doutrinação vai ocorrer anualmente e está sendo chamado pelo governo de “educação continuada”

O atual presidente da china é o Xi Jinping que assumiu em 2013 e sempre deixou claro que todos os meios de comunicação devem servir ao Estado, que controla todos os meios de comunicação da China. Os mais influentes são dirigidos diretamente pelo partido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.