Juiz da Vara da Infância e Juventude defende a perda de guarda dos pais que não vacinarem crianças contra Covid (Vídeo)

No programa da TV Cultura, de terça-feira (11/01), ­­­­o Juiz da Vara da Infância e Juventude, Ibere Dias, afirma que o Estatuto da Criança e Adolescente obriga a vacinação obrigatória da criança.

 Dias esclarece que há uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), expediu uma decisão reafirmando a obrigatoriedade.

Ao ser questionado quais são as penalidades para os pais que insistem em não vacinar, o juiz diz que multas de 20 a 30 salários-mínimos são obrigados, chegando ao cumulo de retirar a criança dos pais.

Com um ar de felicidade, a entrevistadora questiona se as pessoas podem denunciar pais que se recusam a vacinar seus filhos contra a Covid. O juiz pede que as denuncias sejam feitas.

O Estado avança cada vez mais nas liberdades individuais e nos direitos dos pais de cuidarem e educarem seus filhos.

Confira:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.