Moraes manda PGR se manifestar sobre prisão domiciliar para Roberto Jefferson

O ministro do STF, Alexandre de Moraes, mandou a PGR se manifestar sobre o pedido do ex-deputado e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, para ser colocado em prisão domiciliar. A determinação foi feita hoje (19/8).

A defesa do ex-deputado pediu a reconsideração do regime fechado para o domiciliar por causa do quadro de saúde de Jefferson. Aos 68 anos, ele tem diabetes, hipotireoidismo e diverticulite, segundo os advogados.

Roberto Jefferson está preso desde a última sexta-feira (13/9), após o magistrado do STF decretar a prisão a pedido da Polícia Federal, no âmbito do inquérito que investiga milícias digitais. Ele está encarcerado em Bagu, na zona Oeste.

Roberto Jefferson transferido para o presídio de Bangu 8
Roberto Jefferson sendo transferido para o presídio de Bangu 8

A prisão provocou brigas com a PGR, que teve 24 horas para se manifestar sobre o pedido de prisão apresentado pela Polícia Federal, mas não cumpriu o prazo afirmou o ministro do STF. Aras chamou Moraes de mentiroso e confirmou em nota que PGR se manifestou contra a prisão de Roberto Jefferson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.