MPF pede indenização de R$ 10 milhões a Sikêra Jr. e RedeTV!

Nesta última quarta-feira (07/12), o Ministério Público Federal (MPF) protocolou, em Porto Alegre (RS), uma nova ação civil pública contra a emissora RedeTV! e o apresentador do “Alerta Nacional”, por falas consideradas preconceituosas contra a população LGBTTQIA+.

Sikêra Jr.

As declarações foram feitas no programa exibido em 26 de novembro, quando Sikêra Jr. abordou a questão em que o novo Superman, filho de Clark Kent, se mostrou em uma versão bissexual. Logo, o apresentador e sua equipe dançaram e cantaram uma música falando sobre Superman e papai Noel Gay.

O MPF pede na ação, que Sikêra e a RedeTV! sejam condenados ao pagamento de uma indenização no valor de R$ 10 milhões por danos morais coletivos.

Vale ressaltar que, o órgão exige também que a emissora retire o programa das redes sociais e do site oficial e faça uma retratação sobre o caso como “forma de limitar o dano perpetrado pelas falas discriminatórias e preconceituosas”.

Leia também:

Audiência de Domingão do Huck acende alerta na Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.