O jornalista Wellington Macedo deixou a papuda após ter a prisão convertida em domiciliar

O jornalista Wellington Macedo, preso no dia 3 de setembro por ordem do STF, deixou o Complexo Penitenciário da Papuda na madrugada de hoje (15/10).

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, acatou petição da defesa e autorizou a ida do jornalista para o regime de prisão domiciliar em razão de problemas de saúde.

Em sua residência, em Brasília, Macedo deverá cumprir uma série de medidas cautelares. Ele está impedido de se aproximar, no raio de um quilômetro, da Praça dos Três Poderes, dos ministros do STF e dos senadores; de se comunicar com outros investigados no inquérito 4.879; de publicar conteúdos nas redes sociais de sua titularidade ou de outros; de receber visitas sem prévia autorização judicial e de conceder entrevistas sem autorização judicial. Ele também deverá fazer uso de tornozeleira eletrônica.

Como foi relatado aqui no Vista Pátria, no início desse mês o jornalista estava fisicamente debilitado e que não conseguia se alimentar na prisão devido ao seu estado emocional. A esposa do jornalista afirmou que ele perdeu 17 kilos e também declarou que ele está abalado psicologicamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.