Paulo Guedes criticou Rodrigo Pacheco: “foi puxado pela CPI”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. O ministro disse que o parlamentar esta afastado da agenda de reformas porque foi “puxado pela CPI”

O presidente do Senado foi puxado pela CPI. Em algum momento ele vai se engajar na agenda das reformas. Tenho certeza de que isso acontecerá

Paulo Guedes

Em seguida o ministro elogiou a postura de Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados:

Lira está bravamente trabalhando pela agenda de reformas

Paulo Guedes

E acresentou sobre que estão lançando-o à corrida presidencial de forma precipitada. Para o ministro, Pacheco precisa acionar a agenda de reformas econômicas caso queira ser um bom candidato do centro-direita na próxima eleição.

Estão até lançando o presidente do Senado como candidato. É um pouco antes da hora

Paulo Guedes

E continuou:

Se estamos falando de uma liderança de centro-direita e o presidente Pacheco é um representante de centro-direita, ele deve estar comprometido com avançarmos com as reformas. Temos a reforma tributária, a administrativa, uma série de reformas que, se ele eventualmente for candidato, até poderiam ajudá-lo na candidatura, porque é uma agenda positiva.

Paulo Guedes

Essas declarações ocorreu na última segunda-feira, durante uma live promovida pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.