Polícia Federal prende mais um hacker que invadiu STF

Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (31/8), um homem em Fortaleza envolvido na invasão cibernética ao site do STF.

A PF analisou o material apreendido durante o inquérito policial forneceu provas que confirmam a participação do homem nos ataques virtuais. A corporação também afirmou que ele “rotineiramente praticava crimes cibernéticos contra instituições públicas e privadas”, e que foi alvo da operação Capture The Flag, deflagrada pela Polícia Federal em junho do ano passado. A investigação na época focou a invasão de bancos de dados de órgãos públicos e a divulgação das informações de forma ilícita na internet.

O hacker vai ser julgados pelos crimes de invasão a dispositivo informático e associação criminosa. Caso sejam condenados, os crimes têm pena estabelecida de até 5 anos de prisão.

O ministro do STF, Alexandre de Moraes é o relator do caso por haver indícios de conexão entre o suposto ataque e os inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos que apuram uma rede de disseminação de notícias falsas e ameaças a integrantes do Supremo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.