Popularidade do ex-presidiário Lula cai na web após apoio à ditadura cubana.

O apoio do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva à ditadura de Cuba, que enfrenta uma onda de protestos contra o governo comunista, tem custado caro ao petista.

Edson Fachin volta a atacar Bolsonaro

Na semana passada o petista culpou os Estados Unidos pela situação no país e ignorou a prisão de manifestantes que foram às ruas protestar contra o regime comunista cubano.

Segundo a consultoria Quaest, que mede o Índice de Popularidade Digital, IPD, Lula estava com 43 pontos no dia 12 de julho. Após suas mensagens de apoio à ditadura, publicadas no dia seguinte, o índice caiu para 27.

O IPD leva em consideração a quantidade de comentários sobre determinada personalidade, número de seguidores, o compartilhamentos das mensagens em redes sociais como Facebook, Instagram, YouTube e Twitter. A quantidade de vezes em que o nome do famoso é buscado no Google também é usada como referência.

One thought on “Popularidade do ex-presidiário Lula cai na web após apoio à ditadura cubana.

  • 22/07/2021 em 20:48
    Permalink

    Eu não vejo a necessidade da hobrigatoriedade de tomar a vacina até porque pra mim nemham vacina das que tem aí são segura .eu não confio em nemham vacina pra mim estão usando esse momento pra fazer as pessoas Refém de um sistema maldoso coropto e imoral eu vejo as brigas por parte dos políticos primeiro pela compra depois por não compra depois porque não era pra compra a maioria dos políticos e do Judiciário não mim Representa. Eu quero ver meu país com um Judiciário fará da política e políticos desentes eu gostaria de ver meu país Livre de políticos fora de atividade política todos aqueles que trabalham para destruir nosso país pra mim todo político coropto tinha que devolver tudo que tem pro país e ser preso em prisão comum nada de previlegio podia ter quantas faculdades poderia ser Juiz advogado procurador prisão perpetuar e juntamente com os preso comum.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.