Renan Calheiros se nega a entregar relatório final para senadores governistas

O senador Jorginho Mello pediu uma cópia do relatório final da CPI da Covid, o que foi negado pelo relator da comissão, senador Renan Calheiros. O relator distribuiu o documento apenas para os integrantes do grupo majoritário no colegiado, conhecido como G7.

Renan entregou as primeiras cópias do relatório para Tasso Jereissati e o vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues e Omar Aziz. Este e os demais senadores do G7, Eduardo Braga, Otto Alencar e Humberto Costa também receberão exemplares.

Na versão distribuída aos integrantes do grupo, Renan acrescentou o pedido de indiciamento do pesquisador Flávio Cadegiani, que ele acusa de ser responsável pela promoção de testes irregulares com proxalutamida em mais de 600 pacientes de covid no Amazonas e no Rio Grande do Sul.

Como foi relatado aqui no Vista Pátria, essa nova versão do parecer pede o indiciamento de 72 pessoas e empresas.

E Renan acaba de se negar a disponibilizar para nós, governistas, seu relatório final – que foi vazado para a imprensa. Só teremos acesso oficial ao conteúdo completo na leitura de amanhã. Como diz, @MarcosRogerio , vai vendo Brasil!

Jorginho Mello

Confira a lista com 72 sugestões de indiciados e as acusações:

Renan pede indiciamento de 72 pessoas em relatório final da CPI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.