Alec Baldwin afirma que não puxou o gatilho

Durante uma entrevista com o jornalista da ABC News, George Stephanopoulos, o ator Alec Baldwin, afirmou que não puxou o gatilho da arma que matou Halyna Hutchins, diretora de fotografia do filme Rust.

A reportagem completa será exibida nos Estados Unidos amanhã (02/12). Em um trecho divulgado no Twitter, Baldwin aparece chorando ao lembrar do ocorrido. Ele insistiu que nunca apontaria uma arma para alguém e atiraria.

Bem, o gatilho não foi puxado. Eu não puxei o gatilho.

Alec Baldwin

E acresentou:

Eu nunca apontaria a arma para alguém e puxaria o gatilho para ela. Nunca.

Alec Baldwin

Além disso, o ator também afirmou que o episódio foi o pior de sua carreira e disse que não sabe como a bala chegou ao set de filmagens.

Alguém colocou uma bala de verdade na arma. Uma bala que nem era para estar no local.

Alec Baldwin

Vale lembrar que, o incidente aconteceu no dia 21 de outubro de 2021, onde o ator americano disparou acidentalmente uma arma que atingiu a diretora de fotografia Halyna Hutchins. Ela chegou a ser socorrida de avião para o hospital da Universidade do Novo México, porém não resistiu e morreu em decorrência dos ferimentos. Além de Halyna, o ator também feriu o diretor do filme, Joel Souza, de 48 anos, que logo após o acidente teve alta do hospital.

Halyna Hutchins

Até hoje, ninguém foi indiciado, porém a polícia já tem uma suspeita sobre como a munição real foi parar no set de filmagens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.