Alexandre de Moraes arquiva pedido de apuração de atos antidemocráticos contra Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, relator do inquérito que apura “atos antidemocráticos” contra a Suprema Corte, resolveu não apurar atos contra a instituição presidência da República.

A representação foi feita pelo deputado federal, Filipe Barros (PSL), por conta de atos que caracterizavam o presidente como nazista.

Declaração de Filipe Barros:

O Ministro Alexandre de Moraes arquivou representação que fiz para apurar ato antidemocrático e ataque a instituição da presidência da República, que ocorreu ano passado. Para reflexão: o que aconteceria se um ministro do STF fosse chamado de NAZISTA?”

Filipe Barros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.