Bolsonaro assina nomeação de André Mendonça como ministro do STF

O presidente Jair Bolsonaro, assinou nomeação de Mendonça para a Corte, que teve a indicação ao Supremo aprovada pelo Senado na quarta (1/12) por 47 votos a 32, ele agradeceu ao ex-chefe e disse que sua ida para o cargo é “uma missão confiada a mim através dos votos por ele recebidos”.

Como foi relatado aqui no Vista Pátria, Mendonça tomará posse no Supremo às 16:00 horas do dia 16 de dezembro. Mais cedo, o ex-AGU se reuniu com o presidente da Corte, ministro Luiz Fux. O encontro durou uma hora, e os dois almoçaram juntos. Em seguida, Mendonça conheceu os servidores e secretários do STF.

Aos 48 anos, Mendonça poderá ficar no STF até dezembro de 2047. Em entrevista depois da votação no plenário do Senado, disse que sua confirmação para o cargo “é um passo para o homem, e um salto para os evangélicos”.

Algumas cenas do encontro entre Bolsonaro e Mendonça, no qual estiveram presentes ainda o vice-presidente, Hamilton Mourão, e um dos filhos do presidente, o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro, foram registradas pelo deputado federal Ricardo Barros e postadas pelo líder do governo nas redes sociais.

Confira os vídeos:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.