Bolsonaro fala que o 7 de setembro é ultimato a 2 ministros do STF

O presidente da República, Jair Bolsonaro declarou na manhã de hoje (3/9), que as manifestações do dia 7 de Setembro servirão como um ultimato a dois ministros STF.

Nós não precisamos sair das quatro linhas da Constituição. Ali temos tudo o que precisamos, mas, se alguém quiser jogar fora dessas quatro linhas, nós mostraremos que poderemos fazer também valer a vontade e a força do seu povo.

Bolsonaro

E acresentou:

Após o 7 de Setembro, o que ficará para todos nós com essa demonstração gigante de patriotismo visto em todos os quatro cantos do nosso Brasil, eu duvido que aqueles um ou dois que ousam nos desafiar, desafiar a Constituição, desrespeitar o povo brasileiro, saberão voltar para o seu lugar. Quem dá esse ultimato não sou eu. É o povo brasileiro. Povo esse ao qual repito nós todos, políticos, devemos lealdade.

Bolsonaro

Bolsonaro já garantiu que vai participar dos atos pela manhã, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e à tarde, na Avenida Paulista. Em São Paulo, ele espera falar para 2 milhões de pessoas.

No final de seu discurso Bolsonaro pediu respeito pela nossa liberdade:

Curvem-se à Contituição, respeitem a nossa liberdade, entendam que vocês dois estão no caminho errado porque sempre dá tempo para se redimir.

Bolsonaro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.