Comissão do voto impresso obrigatório tem uma nova reunião marcada para hoje.

A comissão especial da Câmara dos Deputados sobre a PEC 135/19, que torna obrigatório o voto impresso tem uma nova reunião marcada para hoje (6/8). O colegiado infelizmente rejeitou na noite de ontem (5/8) o substitutivo apresentado pelo relator, deputado Filipe Barros. Foram 23 votos contrários ao parecer, e 11 votos favoráveis.

Veja como votaram os deputados na comissão do voto impresso

Os deputados devem votar o parecer vencedor, que pode sugerir, inclusive, o arquivamento da proposta.

O deputado federal Júnior Mano, que votou contra a proposta, foi designado pelo presidente Paulo Eduardo Martins para relatar o parecer vencedor.

O substitutivo de Filipe Barros propõe a contagem pública e manual de votos obrigatoriamente impressos. E também define que futura lei sobre procedimentos de votação teria aplicação imediata. Em geral, regras eleitorais só entram em vigor se aprovadas um ano antes do pleito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.