Produtor da CNN é preso por pedofilia

Um produtor sênior da CNN foi preso pelo FBI sob acusações de atrair meninas menores de idade a se envolver em atividades sexuais ilegais, pelas quais ele pode enfrentar pelo menos 30 anos de prisão.

John Griffin, 44 anos, que produzi o programa matinal da CNN “New Day”, foi suspenso da CNN após sua prisão na última sexta-feira (10) e demitido na segunda-feira (13).

Em um comunicado, um porta-voz da CNN disse: “As acusações contra o Sr. Griffin são profundamente perturbadoras.”

Durante o período de oito anos em que atuou na CNN, Griffin teria trabalhado em estreita colaboração com o recém-demitido especialista da CNN Chris Cuomo, que co-ancorou “New Day” de 2013 a 2018.

Cuomo foi demitido pela CNN em 4 de dezembro após surgirem relatos de que ele havia ajudado seu irmão em apuros, o ex-governador de Nova York, Andrew Cuomo, a ocultar alegações de assédio sexual que levaram à sua renúncia em agosto deste ano.

John Griffin (à direita) e Chris Cuomo (à esquerda) trabalharam juntos por 5 anos

As acusações contra Griffin decorrem de uma acusação federal recentemente não selada alegando que o ex-funcionário da CNN coagiu os pais “a permitir que suas filhas menores se envolvessem em atividades sexuais em sua casa” e “meninas treinadas sexualmente a partir dos 7 anos de idade”, informou a Fox News.

Um grande júri de Vermont acusou Griffin “de três acusações de usar uma instalação de comércio interestadual para tentar atrair menores a se envolver em atividades sexuais ilegais”, com cada acusação podendo acarretar numa pena mínima de 10 anos de prisão.

O produtor teria convencido uma mãe de duas meninas em trazer uma delas para sua propriedade, localizada na cidade de Ludlow, em junho do ano passado. Segundo a acusação, John disse que era responsabilidade da mãe assegurar que a menina de 13 anos fosse “treinada adequadamente.” Ele fez o envio de 16,8 mil reais, aproximadamente, para que elas comprassem passagens de avião e o encontrassem em Boston. De lá, eles supostamente foram de carro à residêndia do produtor, onde “a filha foi orientada a se envolver em atividade sexual ilegal”, alegam as autoridades.

Ainda segundo a acusação, John Griffin teria tentado atrair outras duas crianças pela internet para prática sexual. Em abril do ano passado, ele supostamente sugeriu uma “sessão de treinamento virtual” com um chat de vídeo, no qual ele instruiria uma mãe e sua filha de 14 anos a tirarem a roupa e se tocarem.

Griffin teria afirmado: “Uma das grandes mentiras desta sociedade é que as mulheres são anjos inocentes delicados e quando, na verdade, naturalmente, as vadias mais sujas possíveis, em TODAS as métricas.”

A CNN informou que Griffin supostamente pagou e manteve um perfil on-line em um site sexualmente explícito por vários anos.

One thought on “Produtor da CNN é preso por pedofilia

  • 19/12/2021 em 17:03
    Permalink

    Pedofilia é coisa de comunista mesmo, tipo aquele youtuber comunista vesgo com a cara toda tatuada que foi pego na arte.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.