Relatório da CPI com certeza pedirá indiciamento de Bolsonaro, diz Renan

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, declarou na manhã de hoje (5/10), que o relatório final da CPI “com certeza” pedirá o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro.

Com certeza será [indiciado]. Nós não vamos falar grosso na investigação e miar no relatório. Ele [Bolsonaro] com certeza será, sim, pelo que praticou.

Renan Calheiros

O senador afirmou que a lista de indicados contará com mais de 30 pessoas. Calheiros também afirmou que o texto deve estar pronto no próximo dia 15, quando começará a ser apresentado a outros parlamentares e juristas.

A partir do dia 15, vou estar com o relatório pronto e vou conversar individualmente com cada membro da comissão parlamentar. Até lá, continuaremos os debates, ouvindo juristas e escolhendo os tipos penais que nós vamos utilizar.

Renan Calheiros

Entre esses 30 indiciados, provavelmente vamos ter o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello que já é dado como certo para solicitação de indiciamento no parecer final da CPI da Covid.

O relator falou sobre a possibilidade de os ministros não responderem aos questionários propostos pela comissão.

Você acha que essa gente vai deixar de responder à Comissão Parlamentar de Inquérito? Vão ter que responder.

Renan Calheiros

LEIA TAMBÉM:

Globo é condenada a pagar R$ 36 mil à família de vítima de Covid-19

Além de ficar fora do ar, Facebook sofre com denúncias de ex-funcionária

TSE investiga se pessoas mortas receberam dinheiro do fundo partidário do PT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.